O que fazer ao encontrar um animal silvestre?

Gamba-de-orelhas-pretas (didelphis aurita) comum entrar na residências de Peruíbe

Lembre-se sempre que nos que invadimos o ambiente deles e não eles o nosso. O ambiente natural sem a interferência humana é sempre o melhor jeito de um animal viver e estar. Antes de chamar a policia ambiental ou os biólogos da Ambiecco para resgatá-lo avalie se ele está mesmo em uma situação de vulnerabilidade (ferido, debilitado, acuado ou preso).

1° Passo
Verifique se ele está mesmo ferido ou debilitado (pode tirar fotos ou filmar e nos enviar para ajudar na avaliação) – importante sempre manter uma distancia segura do animal para não incomodá-lo e garantir a segurança dele e sua também;

2° Passo
Mantenha carros, animais domésticos (cães e gatos) e fontes de barulho alto longe deste animal para evitar o stress;

3° Passo
Caso seja um filhote, verificar se os pais não estão por perto; ás vezes é comum o filhote cair do ninho ou se perder e logo depois se juntam novamente (se houver interferência eles não se juntam mais); 

4° Passo
Só interfira, chamando um resgate da policia ambiental ou da Ambiecco, se houver uma necessidade real. Nosso objetivo é sempre manter o animal na natureza, uma vez retirado dela teremos que ter  todo o cuidado de uma reintrodução e soltura segura e isto é um processo delicado e demorado.

PRONTO VOCÊ TAMBÉM PODE SER UM GUARDIÃO DA NATUREZA!!!! EM CASO DE DÚVIDA PODE NOS CHAMAR QUALQUER HORA NOS NÚMEROS 13 99148.4699 / 11 96303.7122 / 13 99127.7884 / 13 99726.4549 / 11 99401.8626


Open chat